Sobre a realidade...

Tenho evitado dormir,esse ato me traz sonhos ruins.Mas,o que fazer quando a sua realidade também se torna um pesadelo? Suicídio é a saída escolhida por muitos,exemplos não faltam por ai:Um estudante da 8ª série matou a tiros o diretor de sua escola no Estado da Pensilvânia (nordeste dos EUA) e depois se suicidou.
No entanto,não é necessário ir tão longe para buscar fatos como esse: Em 2011,Wellington Menezes Oliveira matou pelo menos 11 crianças de uma escola no Rio de Janeiro e cometeu suicídio logo depois.
E,aparentemente,todos eles se sentiam mais fortes ao dar esse desfecho às suas estórias e,consequentemente,a estória de vários inocentes.Mal sabiam que negar a realidade só os torna mais fracos,nesses dois casos apresentados o suicídio não é em si o mal a ser tratado,temos também o homicídio.
Enquanto existirem pessoas que se julgarem capazes de retirar a vida de outra pessoa e de si mesmo,tudo continuará assim,um ciclo vicioso e que,no fim,não importa muito quem foi o assassino ou quem foi a vítima: Falar para uma mãe que o seu filho está morto,equivale a mesma dor: para a mãe do criminoso e para a mãe da vítima.
Queria estender as minhas mãos e propôr um gesto de trégua,melhorar o mundo apenas com a minha força de vontade e torcer para que os assassinos entendam que uma arma na mão não é sinal de força,e sim sinal do quanto são fracos e precisam desse objeto para colocar à sua frente e matar cada um que sugerir expor a sua fraqueza para a sociedade.Todo esse fingimento é pago com líquidos: desde o sangue viscoso do morto até a lágrima dos entes familiares.
Não posso propôr sozinha um gesto de trégua,muito menos melhorar o mundo só com a minha força de vontade,todo esse sentimento filântrópico pode fazer bem para a alma...Mas,alma é algo que tem sua existência fora do corpo e se comunica com um mundo espiritual,para o mundo terreno e corpo físico só desejo uma coisa: Força! Seremos fortes,admitiremos nossos medos e,caso a fraqueza transparecer,a dissiparemos com a nossa força.

Ps: Ok,não é um tema que eu costumo falar muito aqui no blog.
Mas,como disse desde o início,isso aqui nada mais é que um diário virtual - que todos veem- ,então resolvi escrever sobre esse tema no meu diário.
Acabei de assistir o filme
''Salve Geral''.
É uma prova magnífica de como o cinema nacional tem capacidade de crescer,senti a realidade no filme(realidade trágica e cruel,mas não podemos melhorar a realidade apenas com diretores e câmeras.Então,mostrar como ela é fez o filme ser tão bom pra mim) e ao pensar em realidade me lembrei desse tema tão decorrente e dos exemplos ocorridos ano passado.
Enfim,gosto de filmes assim
.A vida imita a arte,mas acho muito bacana também quando a arte imita a vida.
Queria debater com vocês sobre esse assunto(homício,suicídio,realidade...): O que pensam sobre isso? :)
Um beijo.

31 leitores ja deram a sua opnião, agora é a sua vez!:

Aline Marques at: 4 de janeiro de 2012 19:17 disse...

Eu também assisti "Salve Geral". É um filme que fala da realidade, da corrupção, da vida após a cadeia, das encrencas, das drogas. São coisas que se a gente se envolve uma vez, a gente vai estar sempre neste mundo. Exceto as drogas e a corrupção que até tem um jeito de mudar, com a consciência de cada um. Eu não tenho muito o que opinar sobre estes tópicos, mas a única coisa que tenho a dizer é que este mundo está cada vez mais perdido, infelizmente.

fotografiasalinemarques.blogspot.com Um blog de fotografia para amantes, amadores e profissionais.

pôr-do-sol at: 4 de janeiro de 2012 19:28 disse...

Um tema bem complexo.
Eu já tentei suicídio e não é a saída. Geralmente pessoas que matam e depois se matam sofreram grandes rejeições e depressão. Triste o fim, triste o descaso de pessoas próximas. Porque pessoas assim dão alarmes. Eu mesma dei vários, alarmes esses que minha mãe não ouviu, não me ajudou.
Atualmente pra mim a realidade é linda. A fase da adolescência já passou(essa é a fase mais complicada.) E hoje eu vivo bem.
Quanto aos filmes nacionais. Sempre amei os filmes nacionais. Ainda não assisti "Salve Geral" mas já li sobre ele e parece ser interessante.

Parabéns pelo blog :)

Thiago Almeida at: 4 de janeiro de 2012 19:34 disse...

Também assisti o filme Salve Geral e me surpreendi com todo o enredo. E fico mais surpreso ainda é ele é baseado em fatos reais.

Enquanto vemos um filme desses é que paramos pra pensar e enxergar uma realidade, infelizmente, triste. Podemos confrontar esses fatos com alguns outros programas de TV, mostrando a vidinha "ruim" de mulheres milionárias desse país. Esse é o Brasil que eu não queria que existisse. É o país da desigualdade.

A sorte é que muitas pessoas lançam pensamentos positivos e têm vontade de querer mudar essa situação.


Grande abraço,

Thiago

http://automatoalgum.com

Mauro Gutembergue at: 4 de janeiro de 2012 19:51 disse...

Minha cara,

Mudar o mundo sozinhos não podemos, porém se conseguirmos contribuir para em que em nosso redor as coisas sejam diferentes, mas amenas, fraternas e pacíficas. Já é um grande feito, acredite!

O debate que você propõe é por demais complexo, envolve uma série de fatores; econômicos, sociais, contexto da época...

O que posso dizer é que a violência, com o outro e a "auto-violência" parecem inerentes à condição humana, estão presentes desde que o mundo é mundo.

http://aieporreta.blogspot.com/

___________________________________

Página no Facebook: http://www.facebook.com/pages/A%C3%AD-%C3%A9-Porreta/133899440020772

Rock in Culture at: 5 de janeiro de 2012 04:03 disse...

Nunca Assisti a este filme, mas gostei da historia e do enredo que vc conta. A realidade é um fato que não podemos alterar sós, apenas em conjunto. Mas mesmo assim eu consigo durmir

Nath, at: 5 de janeiro de 2012 04:40 disse...

Aline,
Certos segundos de nossa vida podem muda-la para sempre mesmo.
E adorei seu blog,beijos.

Nath, at: 5 de janeiro de 2012 04:41 disse...

Pôr-do-sol,
Tenho amigas que já tentaram também,durante a adolescência...De certa forma,acho que essa é a fase mais ''propícia'' para esse tipo de ato,você não sabe direito quem é...O que quer ser...O que não quer...
Enfim,passa!
Volte sempre,beijos.

Nath, at: 5 de janeiro de 2012 04:42 disse...

Thiago,
Concordo com você! A televisão brasileira dá espaço pra tanta coisa desnecessária,alienando o telespectador e os manipulando como marionetes.Lamentável!
Volte sempre,bjs.

Nath, at: 5 de janeiro de 2012 04:43 disse...

Mauro,
"A união faz a força",falta muita união na sociedade.
Beijos.

Nath, at: 5 de janeiro de 2012 04:44 disse...

Rock in Culture,
Fico feliz que tenha te dado um "empurrãozinho" então,rs.
Se puder,assista ao filme.
Volte sempre,beijo!

Juliana Marques at: 5 de janeiro de 2012 05:11 disse...

Começei a ver o filme ontem, mas aquele monte de comercial me irrita (kkk), vou alugar para terminar de ver. Adorei a forma como tu abordou.
http://itgirl-sweet.blogspot.com/

Ana Paula at: 5 de janeiro de 2012 05:20 disse...

Pessoas que se suicidaram, acharam que sua vida era muito difícil para elas, não conseguiram ter esperança.
Suicídio é para quem se deixou levar pela realidade, e esqueceu de sonhar.

Feliz ano novo e até mais! :)

Blog UaiMeu! at: 5 de janeiro de 2012 06:58 disse...

Olá não assisti Salve Geral mas vim aqui dá parabéns pelo blog!

abraços

Nath, at: 5 de janeiro de 2012 07:03 disse...

Juliana,
Hahahaa Aguentei firmemente os comerciais,pois adorei o filme.
Obrigada linda,volte sempre.

Nath, at: 5 de janeiro de 2012 07:04 disse...

Ana Paula,
Também acho! É necessários sonhos para adoçar a vida um pouquinho,bjs.
Feliz ano novo tb,volte sempre.

Nath, at: 5 de janeiro de 2012 07:04 disse...

Blog,
Uhul! Obrigada,volte sempre.

palavras ao vento at: 5 de janeiro de 2012 16:08 disse...

não assisti o filme...assuntos assim sempre rende...e algo para refletir , discutir,,,varias vezes...mas nunca chega ao ponto...final...

Katiuce de Cezare Siqueira at: 5 de janeiro de 2012 16:34 disse...

Não assisti esse filme, mas parece mesmo ter um bom enredo!

Adorei o blog e já estou seguindo.
se quiser dar uma passadinha lá no meu blog e seguir:

http://belamalicia.blogspot.com/

Nath, at: 6 de janeiro de 2012 13:29 disse...

Palavras ao vento,
Sem dúvida rende muuuito esse tema!
Beijo,volte sempre.

Nath, at: 6 de janeiro de 2012 13:29 disse...

Katiuce,
...E tem mesmo! Obrigada pelos elogios e volte sempre.

João Batista de Lacerda at: 6 de janeiro de 2012 14:24 disse...

Quem desde novinho fica enchendo a cabeça com o que não presta pode um dia no futuro cometer as mesmas idiotices que presenciou.
O mal esta tomando conta do mundo, e o próprio mal vai destruir aqueles que se deixaram levar pelo maligno.
Retribui?

Nath, at: 6 de janeiro de 2012 16:21 disse...

João,
Obrigada pela visita.
Volte sempre,Bjs.

A&L MEMES at: 7 de janeiro de 2012 08:04 disse...

legal :)

http://aelmemes.blogspot.com/

Guilherme Augusto at: 9 de janeiro de 2012 06:01 disse...

O mundo não vai ser mudado, o que podemos mudar é tudo o que nos compete mudar... se o mundo é o violento, é porque como o ser humano pode ser bom, ele também pode ser violento... é da nossa natureza... não existe bem e o mal, existe apenas nossa natureza e o que escolhemos fazer com ela... :)

Nath, at: 9 de janeiro de 2012 06:10 disse...

L.MES,
Obrigada e volte sempre.

Nath, at: 9 de janeiro de 2012 06:11 disse...

Guilherme,
Acho que,na maioria das vezes pelo menos,nós escolhemos o caminho.
Acho que,se voltássemos as nossas escolhas para coisas mais produtivas, o mundo seria bem melhor sim.
Volte sempre,bjs.

Mary at: 9 de janeiro de 2012 13:43 disse...

A questão é, quem comete homicidio, é uma pessoa covarde, quem comete suicido, é uma pessoa fraca. Eu já tive muita vontade de deixar de existir, de parar minha vida por aqui, por motivos que em alguns momentos, me deixam triste, e muitas vezes fracas. Mas olhando para um outro lado, se eu for olhar o tamanho do meu problema e o problema do mundo, problemas são apenas PEQUENOS DETALHES, lógico, que muitas vezes, pequenos detalhes são grandes importancias, mas nem sempre, as vezes eles são apenas pontes para coisas boas. então, suicidio não é a melhor solução. Nada melhor do que um dia após o outro, se hoje está ruim, tem um dia melhor guardado pra mim, com certeza. Então é isso, legal a postagem. Bjs.
mariibrigadeiro.blogspot.com

Guru do Metal at: 11 de janeiro de 2012 08:57 disse...

o nome do blog é bem original

http://rocknrollpost.blogspot.com/

Nath, at: 11 de janeiro de 2012 10:55 disse...

Mary,
Obrigada por deixar a opinião e pelos elogios.
Bjs

Nath, at: 11 de janeiro de 2012 10:56 disse...

Guru do metal,
Hahaha Obg!

Daiane Silveira at: 19 de janeiro de 2012 04:09 disse...

Lindo seu blog...

Acessem o meu

http://www.daianecsilveira.blogspot.com

Quem sou eu

Minha foto
Carioca,leonina,amante da noite e do frio,a ''psicóloga'' de todos os seus amigo e acredita que a vida pode ser mesmo um palco,uma passarela ou qualquer coisa que tenha você no centro de tudo. Acredita em Deus,mas não no Deus de todo mundo. Acredita em anjos,mas estes estão bem aqui,na terra. Acredita em milagres e que eles vem de você. Acredita que as palavras tem poder e que o silêncio também. Acredita que se você acreditar muito em alguma coisa,todos vão acreditar e tudo pode se realizar. Todas as letras espalhadas tentando se encaixar formando palavras e estas formando um humilde texto: são de minha autoria.Não que eu acredito que alguém realmente se interesse em publica-los,mas se for fazer isso: me avise.

Populares

Nathalia A. Abreu. Tecnologia do Blogger.