Incógnita.


"Alice,você precisa se abrir para que as pessoas conheçam seus mistérios."

Oh,quantas vezes eu já ouvi isso? milhares.Mais a graça dos mistérios é ver quem poderá desvendá-los quem não consegue fazer isso,não merece saber quais são os meus mistérios.

-Senti sua falta.-Disse Adam,enquanto me puxava contra seus braços e sussurrava palavras (falsas) de amor-Senti falta até desse cheiro de cigarro.Senti falta de desvendar seus mistérios.Senti falta do seu olhar penetrante e da sua linguagem corporal que parece dizer tanto,mas em uma outra língua que eu não entendo.Queria saber quem você é.
-Eu sou uma pessoa que você sente falta,eu sou a pessoa que some e eu sou a pessoa que as vezes aparece.E eu sou feita da sua sede de tentar saber quem eu sou.É tudo que precisa saber,Adam.
-Mais como saberei que está por perto?
-Sinta o cheiro do cigarro,com o barulho que meu anel faz no copo de Mar-tini...E sinta a vibração da minha presença.Agora,chega de papo.
-Eu gostaria de lhe mostrar um texto que fiz..Sobre você,nesse tempo que esteve distante.
-Hmmm...Um texto? sobre mim? deve ser um texto e tanto.-Disse Alice enquanto ria do seu ato convencido.Adam pegou as folhas sobre as duas mãos e entregou para Alice que em questão de segundos se "jogou" no sofá e começou então a ler o texto,que parecia tão interessante que sorriu e entregou o cigarro para Adam,e então se dedicou totalmente a ler o texto...Que dizia:

"Quando você acha que está descobrindo Alice,desvendando seus mistérios e conhecendo-a pelo olhar..Algo nela,vem e muda tudo completamente.Seus mistérios ficam mais complexos e diferentes.Aos seus olhares é dado a todos um novo significado..E se isso acontece com as pessoas que convivem com ela,eu sei que mesmo ela não mostrando isso acontece principalmente com a própria pessoa.Acontece com ela mesma, ela tenta se desvendar a cada segundo, na realidade ela está tentando fazer isto por que aquela frase “Eu não desisto antes de tentar” sempre coube no seu temperamento,então vai tentando me entender sempre..Mesmo que pareça uma guerra já perdida.Ela vai tentando.

E eu sei e ela também sabe que não sabe se quer mesmo ganhar essa guerra.Alice,sabemos que se descobríssemos quem você é perderia toda a graça.E as vezes isso tudo parece ser tão bom,Minha alice.-Quando leu a parte do "Minha Alice" o olhou com um sorriso e mordeu os labios e então continuou a ler.-

Afinal essa busca insistente de recolher o que há de melhor em você,melhorar o de pior e até entender tudo isso faz parte da filosofia humana que eu você criou para si mesma: se todos podem escolher um jeito de levar a vida,você escolhe levar a vida se descobrindo e fazendo com que as pessoas ao seu redor façam isso também.Sempre.Pode ser gentil,a tal ponto de sair apenas palavras doces,educadas e de bom som de sua boca..Em outros momentos pode atacar apenas com palavras.Sem golpes de artes marciais,ou nenhum golpe tirado do filme a Hora do Rush 1,2,ou3..Mais o resultado pode ser igual ou pior.Só com palavras.

Você não foi treinada para isso.Mais é algo que já existia dentro de ti e você só precisa apertar o “play”...Pode ser também daquelas que são capazes de não ouvir nem uma palavra dita por outra pessoa e ainda sim dizer,com toda a segurança “Concordo.Não imagino nada que você tenha dito que eu não concorde.Agora se me permite,preciso me retirar”..E ao mesmo tempo manter algo doce e meigo..Isso não parece muito possível.Mais uma das filosofias também é: buscar o impossível.

É como se você fosse um robô ( o robô mais lindo e atraente já criado,é claro.),treinado para (des)treinar pessoas,se meu coração algum dia foi treinado para conter seus sentimentos,o seu botão é mais forte que o meu...Meu coração sempre esteve "lacrado" com alguma fita muito potente,só que você é tão...Quente,que quando fica perto essa fita desmancha em questão de segundos.Meu coração gosta de você e ele sorri toda vez que te vê.

Tu podes ser um mar,calmo e sereno.Sem ondas.Quase uma piscina.Como eu posso ser um tsunami.E sem aviso prévio.Então se achamos que sabemos quem você é,lembramos também que: tu és um conjunto de tudo que imaginamos e não satisfeita pode ser também aquilo que pensamos que jamais iremos encontrar.

Pode ser doce como mel como posso ser fria como o gelo.E quando decide ser fria,é capaz de congelar.E imprevisível demais para que possamos decifrar.Quando pensar que lhe decifrei e ir ao seu encontro com a lista de todas as respostas para os seus mistérios e com um sorriso satisfatório em minha boca,você me dará outra folha,com uma lista dos novos mistérios."

Depois de ler tudo isso,Alice se jogou as folhas para o lado e foi ao encontro de Adam.Passou seus braços pelo pescoço do cara que parecia saber exatamente o que precisava: não saber nada.E com as folhas voando pela sala,ela chegou até o ouvido de Adam e disse quase que em um sussurro:

-Espero que tenha sede de desvendar mistérios e vocação para detetive.



Mais informações »

Quem sou eu

Minha foto
Carioca,leonina,amante da noite e do frio,a ''psicóloga'' de todos os seus amigo e acredita que a vida pode ser mesmo um palco,uma passarela ou qualquer coisa que tenha você no centro de tudo. Acredita em Deus,mas não no Deus de todo mundo. Acredita em anjos,mas estes estão bem aqui,na terra. Acredita em milagres e que eles vem de você. Acredita que as palavras tem poder e que o silêncio também. Acredita que se você acreditar muito em alguma coisa,todos vão acreditar e tudo pode se realizar. Todas as letras espalhadas tentando se encaixar formando palavras e estas formando um humilde texto: são de minha autoria.Não que eu acredito que alguém realmente se interesse em publica-los,mas se for fazer isso: me avise.

Populares

Nathalia A. Abreu. Tecnologia do Blogger.