Ações regulares e altos investimentos.

Ações regulares e altos investimentos.

Se você não sabe uma língua estrangeira, você faz um curso. E quando você acha que está falando a língua do amor e ele muda totalmente de idioma?

A bolsa de valores está em alta, os preços estão ficando tentadores e as pessoas se rendendo e investindo.

O cara em cima da bancada está gritando desesperadamente quais as ações são mais promissoras e os caras em baixo estão arrumando a gravata com tanta força que ela se afrouxa. Tensão. Você investe e não sabe qual será o tipo de recompensa. E quando você descobre que o amor é um campo perigoso para se investir, você se sente da mesma forma, com medo de arriscar algo precioso seu e não ter a garantia de um bom negócio.

O cara em baixo escrevendo no bloco rasgado dele, quais as empresas que estão com mais vantagens para investimentos e o seu parceiro ao lado, observando a tela e os preços mudarem - muitas vezes, desfavoravelmente. - está puxando a gravata para fora, como a maioria ali.

Essa cena em uma bolsa de valores é a cena de você... No fim do seu encontro, ele está tirando as peças de roupa e quando ele chega na gravata,você se sente investindo em um campo perigoso.Assim como ele está nu,o seu coração acabou de ficar sem proteção nenhuma.Nenhum casaco para enfrentar o frio coração do companheiro,nenhuma luva para cobrir suas mãos na hora de tocar em algo que possa queimar e nenhum sapato elegante para proteger seus pés de pisar nos cacos de vidros que a intimidade traz consigo.

E os papéis rasgados do investidor com seu bloco, anotando todas as possibilidades de lucro... Bem, esses são seus lenços de papel depois de um investimento errado em um sábado à noite

Em um fim de semana em família no interior, seus primos com uma faixa etária de 10 anos estão arriscando e aprendendo aonde se deve pisar em um jogo de batalha naval e você está criando o seu campo de batalha com o cara da vez. A questão é que: as regras do jogo mudam, o contexto acompanha a mudança, parcialmente, e os jogadores normalmente ficam em duplas. Em casal, para ser exata.

Porém, existe um “porém”, continuamos apostando em pontos do campo de batalha que nos fazem cair ou explodir. No entanto, existe sempre uma hora que a partida precisa começar de novo e como no campo de batalha do amor: com novas duplas e opções de ganhar o jogo. A principal diferença existente em um jogo de batalha naval com crianças colocando a sua competição para fora e fazendo de tudo para ganhar e o amor é: quando o amor é merecedor de nossos investimentos insanos, mesmo perdendo nos sentimos ganhadores.

E mesmo que o nosso par na dupla seja incompatível conosco, tenho uma coisa a compartilhar: é a incompatibilidade que fazem todos compatíveis.

Mulheres multiplicam tudo, tem o dom de transformar algo pequeno em algo imenso. Somos dramáticas em alguns intervalos de tempo dos nossos dias, e eu não gosto estatísticas imaginária.

Multiplicamos tudo e isso acontece desde o momento em que o cara nos oferece o seu sorriso e nós logo, decidimos oferecer o nosso coração. Eles não entendem essa oferta logo de primeira, mesmo que colocássemos os nossos corações em uma bandeja com um informativo dizendo “Essa é hora, aqui está ele... Pise nele e me deixe chorando, comece logo para terminar logo.” – é dessa porção dramática das mulheres que eu estou falando -,eles não irão entender de primeira...Enquanto multiplicamos coisas,eles em boa parte do tempo dividem as responsabilidades e lá vamos nós fazer uma matemática diferente.

Esse esquema vai até a hora que ele resolver nos dar o seu esperma e nós o transformamos em um bebê.

Mas no fim, é a diferença de operações que fazem a conta dar certo.

Resolvi voltar a investir na bolsa de valores e multiplicar minhas ações com o meu dom feminino, no amor acontece assim: não sabemos se teremos lucro... Mesmo assim, não paramos de investir. Sem nenhum analista financeiro para prever uma possível queda nas ações, no máximo o conselho de uma melhor amiga que vive chorando por investir nas ações erradas.

27 leitores ja deram a sua opnião, agora é a sua vez!:

# Érikα Teixeirα at: 9 de dezembro de 2010 02:54 disse...

Muito boom seu texto *-*
Você expressa muito beem sua opniao!

http://akireteixeira.blogspot.com/

Agnes at: 9 de dezembro de 2010 03:27 disse...

Adorei!

fbasaopaulo at: 9 de dezembro de 2010 04:16 disse...

O pior é quando investimos de mais e esse amor não nos traz lucro nenhum, esse com certeza é o pior calote que uma pessoa pode levar.

Jéssica Rodriguês at: 9 de dezembro de 2010 04:28 disse...

Incrivel como voce espressa sua opinião. Parabens!

Charles K. at: 9 de dezembro de 2010 06:44 disse...

Bela comparação com a bolsa de valores, é um texto metafórico, onde você pega uma coisa de um mundo diferente e estabelece as relações com outra coisa, a bolsa de valores com o amor..
Gostei mesmo do texto.. parabéns..

Mayara at: 9 de dezembro de 2010 07:13 disse...

Poxa, o texto ficou muito bom, bem diferente do que costumo ver!
Parabéens!

Nelson at: 9 de dezembro de 2010 08:41 disse...

Muito bom seu texto. Gostei das comparações e da sua escrita. Vou ver outros posts. Parabéns pelo blog.
(Registrando meu comentário)

Mary at: 9 de dezembro de 2010 10:04 disse...

Muito legal o seu blog, gostei do seu perfil. Olha, questões do coração são sempre muito complicadas!

Mayara at: 9 de dezembro de 2010 13:19 disse...

Oi, avisando que comentei em outro post, beijos

planeta huumor at: 9 de dezembro de 2010 13:23 disse...

bem legal o seu blog parabens mt bom mesmo

http://planetahuumor.blogspot.com/

Wesley Venâncio at: 9 de dezembro de 2010 14:20 disse...

Gostei muito do seu blog, você realmente escreve muito bem.
Ah, pode ter certeza que seus conselhos foram muito úteis :)

Abraço!

iwantcoffee at: 9 de dezembro de 2010 14:24 disse...

Sou da mesma opinião que o wesley.
Belo blog, parabéns!

Sérgio Bitencourt at: 9 de dezembro de 2010 14:38 disse...

Eu ri demais do texto! Muito bom.
Parabéns pelo blog!

Quando puder, visite o meu blog:
-- http://trapoescrito.blogspot.com/

Sérgio Bitencourt at: 9 de dezembro de 2010 14:42 disse...

HA! Estou te seguindo, segue tbm!

Urbano at: 10 de dezembro de 2010 03:03 disse...

"Vc expressa bem" "muito bom" "parabéns" "estou seguindo, retribua"
----
que saco...
----
As pessoas querem ganhar importância, ok, mas não são honestas. Todos perdem e ainda não perceberam.
Enfim...

---
A princípio achei a analogia que vc fez um equívoco; bolsa de valores e amor? não é assim. Ao final do texto vi que o equívoco era meu e fiquei de verdade surpreso como vc pescou a coisa. E sim é um investimento da vida; decidir com tantas variáveis é complicado também do ponto de vista masculino. A incompatibilidade que faz compatíveis? pior que pode ser mesmo... abs!
http://atmosphera2hq.blogspot.com/

Dih at: 10 de dezembro de 2010 03:22 disse...

E um texto um pouco feminista e como você mesma disse, essas mulheres sentimentais de mais, sofrem de mais mas não é a mulher que é muito sentimental é apenas o homem que não demonstra sentir dor.. Porque afinal todos nó somos humanos e sentimos todos os sentimentos da mesma forma.. Alegria e tristeza...

Barbara Nonato at: 10 de dezembro de 2010 03:48 disse...

Uma analogia bem feita e de forma inusitada. Boas comparações que elevam um denominador comum: as diferenças e altos e baixos dos relacionamentos (principalmente da atualidade). Investir na vida é um risco que corremos constantemente...
Gostei bastante do texto.

fabiobelon at: 10 de dezembro de 2010 03:52 disse...

Acho que o amor é bem mas complicado que a bolsa de valores, para se achar a pessoa certa é muito complicado, as vezes pensamos que achamos, passar o tempo e descobrimos que estávamos errados, que foi tudo tempo jogado fora.

Um Pouco Sobre Isso at: 10 de dezembro de 2010 04:01 disse...

Olá, parabéns pelo blog. Tudo de muito bom gosto!
Estou seguindo, espero sua retribuição ;D
http://umpoucosobreisso.blogspot.com

Lêeh at: 10 de dezembro de 2010 04:01 disse...

Adorei o texto e a forma como você compara amor e negócios.
Realmente o amor é um investimento que muitas vezes, ou sempre, nos deixam na dúvida, mesmo assim, não paramos de tentar, de investir!


Muito bom o blog, gostei muito! Abraços =)

Losterh at: 10 de dezembro de 2010 04:42 disse...

É. Acontece que quando se ganha dinheiro, se coloca na poupança e lá está ele, seguro. O amor não tem seguro. Se for seguro, não é amor.

- isso não é uma apologia ao não uso de camisinha, rs -

divulgue o seu blog at: 11 de dezembro de 2010 04:42 disse...

oi parabens pelo blog mt bom prabens


http://anuncieseubloggratis.blogspot.com/

Macaco Pipi at: 23 de dezembro de 2010 09:58 disse...

por isso tudo deve ser analisado antes de ser feito!

Bruna Alessandra at: 28 de dezembro de 2010 12:07 disse...

Pooxa, vc tem futuuro (Y)

Visita ?
www.myuniversecret.blogspot.com

Bruna Alessandra at: 28 de dezembro de 2010 12:15 disse...

Please
segui ?

www.myuniversecret.blogspot.com

30 e poucos anos. at: 10 de janeiro de 2011 05:59 disse...

A beleza da vida é justamente não saber o próximo passo ... ter que descobrir e tirar lições, experiencias e evoluir

Dono BAJ Séries at: 4 de março de 2011 15:22 disse...

mto boa com as palavras


http://bajseries.blogspot.com/

Quem sou eu

Minha foto
Carioca,leonina,amante da noite e do frio,a ''psicóloga'' de todos os seus amigo e acredita que a vida pode ser mesmo um palco,uma passarela ou qualquer coisa que tenha você no centro de tudo. Acredita em Deus,mas não no Deus de todo mundo. Acredita em anjos,mas estes estão bem aqui,na terra. Acredita em milagres e que eles vem de você. Acredita que as palavras tem poder e que o silêncio também. Acredita que se você acreditar muito em alguma coisa,todos vão acreditar e tudo pode se realizar. Todas as letras espalhadas tentando se encaixar formando palavras e estas formando um humilde texto: são de minha autoria.Não que eu acredito que alguém realmente se interesse em publica-los,mas se for fazer isso: me avise.

Populares

Nathalia A. Abreu. Tecnologia do Blogger.