5 minutos.


Vou me desafiar a escrever um tipo de conto sobre algo que eu venho pensando algum tempo,alguns pensamentos estão meio borrados e mesmo assim irei tentar.Vamos lá:


Um médico está sentado no seu escritório, admirando quão bela sua vida se tornou e como o seu chá é delicioso.

Uma enfermeira entra,desesperada. A sua chegada faz com que o vento se movimente e seu uniforme quase toque nas medalhas do seu chefe e as deixe cair, ele exita deixar de olhar o chá para mudar a posição de seu olhar para a enfermeira, ela insiste.

-Senhor, uma mulher está passando muito mal. Seu coração está quase parando e checamos em sua lista que ela tem tendência a paradas cardíacas... 5 paradas cardíacas em um intervalo de tempo de 7 meses,ela precisa passar por uma cirurgia...Massagens na região do coração não estão ajudando,Senhor.

O médico apenas continuou remexendo sua colher em seu chá,o mesmo estava produzindo fumaças pela sua elevada temperatura.E ele observava as fumaças se formarem pelo ar e logo seus olhos bateram nos pés da enfermeira,os mesmos estavam batendo tão forte que ele resolveu falar algo para acabar com aquela perturbação.

-Ela pode esperar... Você não parou para pensar que se aquela mulher teve tantas paradas cardíacas quer dizer que ela deva morrer? E nós estamos impedindo a sua passagem todas essas vezes que a salvamos?-questionou o médico,seus questionamentos não queriam respostas.Ele tinha as suas próprias respostas para as perguntas que ele não queria as respostas alheias,a única coisa que ele realmente almejava era: se confortar em sua poltrona com seu chá quente.

-O senhor não estudou anos para se tornar médico e começar a achar que não devemos salvar vidas. E eu realmente acredito que se temos equipamentos e estudo suficiente para salvar a vida dessa mulher... Nós devemos fazer isso, não importa se ela deve fazer a passagem dela ou algo parecido. Nós estudamos medicina, nós confiamos em algo que comprovamos e salvamos vidas com isso, nessa vida. O plano espiritual não é o tipo de coisa que pensamos quando vemos alguém morrer. A coisa certa a fazer é salvar a vida daquela mulher, manter a vida dela a qualquer custo até que algum familiar assine um documento concordando em desligar os aparelhos. -ela disse, parando para respirar e ouvindo os enfermeiros correrem para a sala onde a mulher estava. Diante da situação, revirou os olhos e continuou. – pense: essa mulher pode ter muitas coisas a fazer nessa vida, desde plantar uma árvore até algo que o senhor mesmo possa ficar grato e é isso que devemos dar para ela. A chance de viver e não facilitar as suas chances de sair dessa vida.

Enquanto o coração da mulher parava, ela tentava amolecer o coração do cirurgião cardíaco, que revirou os olhos e colocou os dedos do lado externo da xícara, lá o dedo percorreu todo o contorno da xícara. Ele retirou os olhos do líquido e olhou para a enfermeira.

-Você pode esperar 5 minutos?-ele disse, com arrogância.

-Eu posso. A questão é: ela pode esperar?

-Droga! São só cinco minutos e eu estarei lá,se retire.

Ela então se retirou. E o médico, 5 minutos depois resolveu sair de sua sala.

-Ana, Ana... O que aconteceu com ela? Cadê a ficha dessa paciente?-gritou o médico, com as mãos apoiadas na maca... Observando sua sogra sendo levada por alguns enfermeiros.

-Ela estava com graves conseqüências de um problema coração, senhor. E o médico cirurgião demorou. -disse um enfermeiro, levando a mulher para trás.

O médico permanecia estático, com a ficha de sua sogra na mão... Seus olhos deixaram de olhar para o chá e agora olhavam a parte da ficha que estava escrita em negrito:

“Data de óbito: 05h55min.”

Uma mão tocou seu ombro por trás e deixando o ruído de sua voz sussurrar no ouvido do médico. Era a enfermeira.

-Ela não podia esperar 5 minutos até o seu chá terminar, senhor.

5 minutos é uma quantidade de tempo muito complexa, pode significar muito e pode significar pouco.

5 minutos em uma praia, é pouco.

Acrescentar mais 5 minutos no seu sono antes das 06h00min quando você precisa comparecer ao trabalho as 06h05min, é muito.

Acrescentar mais 5 minutos no seu sono antes das 06h00min quando você precisa comparecer a escola as 07h30min, é pouco e irrelevante.

5 minutos de uma transa bem feita, é pouco.

Para salvar uma vida 5 minutos pode ser muito.

A pergunta é: não importa a situação,como você está aproveitando seus 5 minutos diários?

52 leitores ja deram a sua opnião, agora é a sua vez!:

diano at: 23 de outubro de 2010 16:34 disse...

O tempo...
sempre relativo.
Gostei dessa reflexão sobre o tempo

[Paulo­­ϟArthur] at: 24 de outubro de 2010 05:21 disse...

post ótimo, parabéns por ele. sucessos com o blog.

Amanda Dornelles at: 24 de outubro de 2010 06:32 disse...

Eu gostei da mensagem do texto, mas não muito da forma como você o construiu. Digo isso por causa de certas frases e expressões que se repetem bastante. Mas de qualquer forma, gostei do conteúdo do texto e da mensagem que passa. Primeira vez que visito seu blog, e gostei =D

Iury Matheus at: 24 de outubro de 2010 06:40 disse...

mt legal a diferença do tempo...:D

http://acadasegundoumnovoverso.blogspot.com/
@Dr_Hospicio

Camila at: 26 de outubro de 2010 09:20 disse...

Nossa que lindo esse texto *-* Mesmo sendo triste, ficou perfeito, você escreve super bem.

http://blogcamilaq.blogspot.com/ passa no meu blog?

F! Blogger. at: 26 de outubro de 2010 15:42 disse...

Ah, muito legal!
Gostei mesmo. O tempo é uma coisa bem relativa, e que muitos não percebem. Acho que 5 minutos são muito importantes. Eles ficaram no passado, afinal. Aquele tempinho que você enrolou na cama de manhã faz parte do seu dia, e, por consequência, de você.

Blog muito interessante, parabéns :)



____________________
http://compulsiondotcom.blogspot.com

Tayná at: 26 de outubro de 2010 16:54 disse...

Relatividade do tempo...
Essa coisa que buscamos e perdemos constantemente..
Mt boa essa analaogia..Parabéns..!!

iwantcoffee at: 27 de outubro de 2010 08:47 disse...

No meu ponto de vista, o tempo é a coisa mais importante dentre todas as outras. E O QUE MAIS ME IRRITA É A PERDA DE TEMPO!

Ótimo texto, trás uma bela mensagem.
Se eu fosse o médico, acredito que tomaria a mesma atitude que ele, odeio ser interrompido. Esse texto serviu para a minha pessoa, haha.

Parabéns, seu jeito de escrever é muito bom.

Evelyn Carolina at: 27 de outubro de 2010 12:51 disse...

Que lindo. Bela mensagem! As vezes 1 minuto mesmo, vale uma vida inteira, sonhos . Enfim, parabéns! Beijos :*

Sâmela at: 27 de outubro de 2010 12:58 disse...

Gostei.
É 5 minutos é capaz de mudar muitas coisas.

Harry Sixërs at: 27 de outubro de 2010 13:07 disse...

Muito legal esse post gostei, trás uma bela mensagem e curtir demais.

Pamela at: 27 de outubro de 2010 13:08 disse...

5 minutos é MUITO tempo sim... é que nem uma frase lá, você pode perder 1 minuto da sua vida ou perder sua vida em 1 miunto.

Gabriel Lemos at: 27 de outubro de 2010 15:42 disse...

gostei da reflexão sobre o tempo

http://curiosomundodorock.blogspot.com/

Karla Hack at: 27 de outubro de 2010 16:03 disse...

Adorei como tratou da relatividade do tempo...
Gostei da mensagem idem!

;D

Mark at: 29 de outubro de 2010 15:14 disse...

Post incrível, adorei o texto e a reflexividade proporcionada sobre o tempo.

Henrique Leto at: 30 de outubro de 2010 10:59 disse...

Voltarei mais vezes aqui (y)

Parabéns pelo texto!

Jhonatan at: 30 de outubro de 2010 13:42 disse...

Muito bom!!!! O post e o blog!!!

http://distracaodigital.blogspot.com/

Charles K. at: 31 de outubro de 2010 06:40 disse...

Legal o texto, e realmente médicos não estudam para pensar qual é a vontade de Deus, e sim estudam para salvar vidas independentemente de quem for...

Raphael Ferreira Serra at: 31 de outubro de 2010 06:49 disse...

realmente 5 minutos podem significar muito para uma pessoa, cinco minutos pode salvar uma vida.

Lerminer at: 31 de outubro de 2010 07:04 disse...

Gostei dessa reflexão sobre o tempo. Muito bom :D

http://lerminer.blogspot.com/

Hector at: 31 de outubro de 2010 07:57 disse...

Legal

Lenivaldo Silva at: 31 de outubro de 2010 09:43 disse...

A mensagem é bem previsível, mas eu gostei.
Um bom domingo.

Fabiano at: 31 de outubro de 2010 17:03 disse...

para salvar uma vida 5 minutos podem ser uma eternidade. para outros atrasos pode se dar um jeito.

- dayse carollina at: 31 de outubro de 2010 17:21 disse...

Quanta diferença apenas 5 minutos pode fazer em uma vida.. :(

Fut Do Dih at: 1 de novembro de 2010 12:59 disse...

belo texto ,mas concordo com a Amanda

Nath, at: 1 de novembro de 2010 14:58 disse...

Diano,
Obrigada,beijos.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 14:58 disse...

Diano,
Obrigada,beijos.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 14:59 disse...

Paulo Arthur,
Obrigada pelos elogios,volte sempre.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 14:59 disse...

Amanda,
Obrigada,linda.
Pelos elogios e críticas,espero que volte em outras oportunidades.
Beijão!

Nath, at: 1 de novembro de 2010 14:59 disse...

Lury,
Obrigada,volte sempre.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:00 disse...

Camila,
Que linda!
É muito bom ler isso,obrigada e fico muito feliz que tenha apreciado.
Volte sempre,beijos.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:01 disse...

F! blogger,
Com certeza,5 minutos fazem parte do nosso dia e de nós,obviamente.
Estamos estendo o tempo e atrasando outras coisas.Atrasando nós mesmos.
Obrigada pela sua visita,volte sempre.
Beijos.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:03 disse...

I want coffee,
Somos dois,obrigada pelos seus elogios.De verdade.
Você quer café? hahaa,volte sempre.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:03 disse...

Evelyn Carolina,
Obrigada,volte sempre.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:04 disse...

Sâmela,
Com certeza,beijos.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:05 disse...

Hey Harry!
Seu nome me lembrou uma colega que gosta muito de Harry potter,enfim...
Obrigada pelos elogios e fico feliz que tenha "curtido",beijão.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:05 disse...

Gabriel,
Que bom!

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:05 disse...

Karla Hack,
Em primeiro lugar: que linda sua foto,em segundo lugar...Obrigada e fico feliz que tenha gostado.
Volte sempre.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:06 disse...

Mark,
Ebaaa!
Volte sempre e fico feliz por ter gostado.
Obrigada pela presença.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:07 disse...

Henrique Leto,
Volta sim,beijos.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:07 disse...

Jhonatan,
Obrigada,beijos.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:08 disse...

Charles K,
Compartilhamos da mesma idéia,beijos.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:10 disse...

Raphael,
Gostei da sua foto,obrigada pelo comentário.
Volte sempre.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:11 disse...

Lerminer,
EEEE,obrigada.
Fico feliz que tenha gostado,volte sempre.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:11 disse...

Hector,
:)

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:12 disse...

Lenivaldo(?),
Obrigada pela sua visita,beijos.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:12 disse...

Fabiano,
As vezes não,muitas vezes não.
Volte sempre,beijos.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:13 disse...

Dayse,
Volte sempre.

Nath, at: 1 de novembro de 2010 15:13 disse...

Fut Do Dih,
Obrigada,pelo elogio e pela crítica.
Beijos,volte sempre.

Araujo at: 29 de novembro de 2010 07:20 disse...

Vão se passando 1,2,3,4,5...15 minutos e logo se vai uma vida inteira. A gente tem que pensar muito bem, no que faz com o nosso tempo. O problema é que quando resolvemos parar pra pensar nisso, é ele que nos atropela.

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

Gabriel G. at: 30 de novembro de 2010 15:03 disse...

Eu acho que teve uma boa ideia porem,prematura.Uma melhor reestruturação e alguma correção gramaticais fariam a ideia perfeita.
Mas, não deixo de lhe dar os méritos.
Beijos

Dih at: 3 de dezembro de 2010 10:01 disse...

Sim, esse tempo como sempre.. sendo mega relativo... e sempre correndo a nossa frente...
http://projetosdeumlouco.blogspot.com/

Quem sou eu

Minha foto
Carioca,leonina,amante da noite e do frio,a ''psicóloga'' de todos os seus amigo e acredita que a vida pode ser mesmo um palco,uma passarela ou qualquer coisa que tenha você no centro de tudo. Acredita em Deus,mas não no Deus de todo mundo. Acredita em anjos,mas estes estão bem aqui,na terra. Acredita em milagres e que eles vem de você. Acredita que as palavras tem poder e que o silêncio também. Acredita que se você acreditar muito em alguma coisa,todos vão acreditar e tudo pode se realizar. Todas as letras espalhadas tentando se encaixar formando palavras e estas formando um humilde texto: são de minha autoria.Não que eu acredito que alguém realmente se interesse em publica-los,mas se for fazer isso: me avise.

Populares

Nathalia A. Abreu. Tecnologia do Blogger.